MÍSTICA E DIREITOS HUMANOS

Autores

  • Manfredo Araújo de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v41n115p375/2009

Palavras-chave:

Mística, Direitos humanos, Autocomunicação de Deus, Inteligibilidade da fé, Constituição ontológica do ser pessoal.

Resumo

O artigo se propõe explicitar o horizonte de compreensão antropológico a partir de onde se procura exprimir a inteligibilidade da fé e da experiência mística e sua vinculação à problemática dos direitos humanos. Vai concentrar-se na elucidação da constituição ontológica do ser pessoal que é sua abertura intencional à totalidade do ser e assim em última instância sua abertura a Deus. Daqui se compreende a fé como acolhida da autocomunicação de Deus ao ser humano e de seu projeto amoroso para a vida humana e a mística enquanto experiência intensificada do encontro com Deus, o que nos conduz à compreensão da exigência de promoção da vida.

ABSTRACT: The article intends to explain the horizon of anthropological understanding starting from where one tries to express the intelligibility of the faith and of the mystic experience and its relation to the problem of human rights. It will concentrate on the elucidation of the ontological constitution of the personal being that is his intentional opening to the beingÂ’s totality and, likewise, ultimately to his opening to God. The faith is then understood as reception of the self communication of God to the human being and of his loving project for the human life and the mystic while intensified experience of the encounter with God that leads us to the understanding of the demand of the promotion of life.

Downloads

Publicado

2009-01-01

Como Citar

OLIVEIRA, M. A. de. MÍSTICA E DIREITOS HUMANOS. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 41, n. 115, p. 375, 2009. DOI: 10.20911/21768757v41n115p375/2009. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/85. Acesso em: 2 jul. 2022.