A FÉ CRISTÃ NO OCIDENTE: ENTRE A CALIDEZ EMOCIONAL E A PARRESIA EVANGÉLICA

Autores

  • Gabino Uríbarri

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v35n95p55/2003

Resumo

Partindo-se de instâncias muito diversas, a capacidade evangelizadora da Igreja nos países ocidentais é preocupante. Em particular, João Paulo II sublinhou repetidas vezes a necessidade de um novo impulso e da revisão dos modelos de evangelização. Dentro desse horizonte mais global, proponho uma meditação sobre um aspecto parcial, ainda que importante e arraigado, do modo de viver a fé nos países ocidentais, o qual tem a ver com nossa capacidade ou ineptidão para transmitir a boa notícia da fé no Senhor Jesus. Seguirei o esquema típico das meditações de Santo Inácio nos Exercícios Espirituais. Começo com uma composição de lugar, contemplando o aspecto singular da fé no Ocidente que me interessa: a centralidade do bem-estar emocional nesta forma de inculturar a fé.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2003-01-01

Como Citar

URÍBARRI, G. A FÉ CRISTÃ NO OCIDENTE: ENTRE A CALIDEZ EMOCIONAL E A PARRESIA EVANGÉLICA. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 35, n. 95, p. 55, 2003. DOI: 10.20911/21768757v35n95p55/2003. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/587. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos