UMA NOVA PRIMAVERA PARA A IGREJA

Autores

  • Marcelo Barros

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v35n95p39/2003

Resumo

Nos últimos anos, as Igrejas cristãs vivem um tempo especial de abertura espiritual e humana. Tudo começou por um profundo diálogo com a humanidade. No caso das Igrejas evangélicas e ortodoxas, reunidas no Conselho Mundial de Igrejas, a sua assembléia geral teve como tema “Faço novas todas as coisas” (Ap 21,5). No caso da Igreja Católica, como mandou o Concílio Vaticano II, ela tem procurado renovar “até costumes veneráveis e ancestrais” para adequar-se à humanidade de hoje. Todos, tanto as pessoas favoráveis a este processo, como as que não concordam, percebem a vitalidade espiritual e o empenho com que toda a Igreja, fieís e pastores, confronta sua vida com o Evangelho de Jesus Cristo e se empenha na missão de testemunhar não a si mesma, mas o Reino de Deus. Nos meios de comunicação, entre as pessoas que são para a humanidade referência de autoridade ética e promotores de solidariedade e da paz estão muitos bispos e pastores dos países pobres do mundo.

Downloads

Publicado

2003-01-01

Como Citar

BARROS, M. UMA NOVA PRIMAVERA PARA A IGREJA. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 35, n. 95, p. 39, 2003. DOI: 10.20911/21768757v35n95p39/2003. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/585. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos