NOVOS PARADIGMAS ECOTEOLÓGICOS EM TEMPOS DE RISCO: CIÊNCIA E ECOLOGIA EM DIÁLOGO COM A TEOLOGIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v54n2p443/2022

Resumo

Este estudo identifica uma série de questões epistemológicas e fenomenológicas que convocam a ecologia e a teologia e que têm a ver com as experiências sistémicas de falência, desintegração e desmoronamento da vida quotidiana e da própria sobrevivência da vida no planeta terra, no século XXI. Procura discernir novos paradigmas com valor heurístico e operante nos processos de viragem civilizacional; novos paradigmas como lentes para melhor detetar-sentir-conhecer o planeta e a vida no planeta, numa linha de sobrevivência, de homeostasia e de salvação da realidade total. Tendo como "coerenciadores" os conceitos de Great Turning e Deep Incarnation, pretende sustentar a articulação do conceito de ecologia integral (Laudato Si') com a ecologia profunda (Arne Naess) e com as bases fundacionais do Cristianismo. Do diálogo com alguns elementos básicos da Neurobiologia resulta a identificação de uma eco-teologia-integral-profunda, que demonstra o seu caráter operatório no mundo de hoje e que compromete, de modo vinculativo, o humano com a Terra e com a boa governança da vida do ecossistema global.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-08-29

Como Citar

PEREIRA VARANDA, M. I. NOVOS PARADIGMAS ECOTEOLÓGICOS EM TEMPOS DE RISCO: CIÊNCIA E ECOLOGIA EM DIÁLOGO COM A TEOLOGIA. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 54, n. 2, p. 443, 2022. DOI: 10.20911/21768757v54n2p443/2022. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/4899. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos