INTEGRAÇÃO DA ESPIRITUALIDADE NOS CUIDADOS EM SAÚDE: CONSIDERAÇÕES TEÓRICO-EPISTEMOLÓGICAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v51n3p481/2019

Resumo

Este ensaio tem como objetivo compreender a gênese e a formação dos modelos de cuidado em saúde que culminaram com a proposição do modelo biopsicossocioespiritual. Para tanto, realiza-se uma incursão histórico-teórica por meio do método do realismo materialista aberto e de autores que consideram que a relação saúde-doença-cuidado surge como uma resposta às necessidades histórico­-sociais das populações. São apresentados os princípios epistemológicos que cons­tituíram os modelos de assistência/cuidado que culminam com a proposição do modelo biopsicossocioespiritual. Conclui-se o estudo apresentando os princípios do Cuidado Espiritual Interdisciplinar como uma proposta teórico/prática viável para a efetiva integração da espiritualidade nos cuidados em saúde.

Downloads

Publicado

2019-12-27

Como Citar

RUTHES, V. R. M. INTEGRAÇÃO DA ESPIRITUALIDADE NOS CUIDADOS EM SAÚDE: CONSIDERAÇÕES TEÓRICO-EPISTEMOLÓGICAS. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 51, n. 3, p. 481, 2019. DOI: 10.20911/21768757v51n3p481/2019. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/4218. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos