LUTERO E A TRADIÇÃO CATÓLICA MEDIEVAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v50n1p163/2018

Resumo

Estas reflexões têm como objetivo principal explorar as semelhanças e diferenças que existem entre a Reforma de Lutero e a tradição católica medieval da qual ela deriva. Com isto, farei também ressaltar o paradoxo do entre-dois que caracteriza este movimento e, mais especificamente, a concepção teológica do Reformador. Não se trata, portanto, de uma pura e simples ruptura com o universo medieval; não se trata tampouco de uma mera continuidade com re­lação à teologia que se desenvolvera ao longo da Escolástica latina. Trata-se, ao invés, do paradoxo de uma exclusão interna, porquanto o que realmente ocorreu foi uma reinterpretação, uma reelaboração e um deslocamento de ênfase a partir de um questionamento teológico fundamental que marcou o pensamento do Re­formador. Em outros termos, Lutero se exclui do universo simbólico medieval, mas a partir de dentro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-04-27

Como Citar

ALMEIDA, Rogério Miranda de. LUTERO E A TRADIÇÃO CATÓLICA MEDIEVAL. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 50, n. 1, p. 163, 2018. DOI: 10.20911/21768757v50n1p163/2018. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/3847. Acesso em: 14 jun. 2024.