DECIFRA-ME OU TE DEVORO... SOBRE A EVANGELIZAÇÃO E A MÍDIA DO PONTO DE VISTA DA COMUNICAÇÃO

Autores

  • Pedro Gilberto Gomes

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v34n94p335/2002

Resumo

As Igrejas, em geral, e a Igreja Católica em particular, desde o desenvolvimento da mídia eletrônica, finais do século XIX e inícios do século XX, têm se preocupado com o seu aproveitamento para a atividade pastoral. A tradição da Igreja Católica com relação ao uso dos meios de comunicação é muito grande, remontando-se à imprensa escrita. Entretanto, desde o aparecimento do rádio, na década de 20, ela vem lutando para dimensionar corretamente a sua relação com a mídia eletrônica. Se, de uma maneira geral, a técnica da mídia impressa foi por ela dominada, o mesmo não se pode dizer no que se refere à eletrônica, notadamente, o rádio e a televisão. Por isso, hoje, nos umbrais do Terceiro Milênio, a Igreja Católica ainda se debate numa relação de amor e ódio com os meios eletrônicos de comunicação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Como Citar

GOMES, Pedro Gilberto. DECIFRA-ME OU TE DEVORO... SOBRE A EVANGELIZAÇÃO E A MÍDIA DO PONTO DE VISTA DA COMUNICAÇÃO. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 34, n. 94, p. 335, 2002. DOI: 10.20911/21768757v34n94p335/2002. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/2920. Acesso em: 18 maio. 2024.