DO TEMPLO TRADICIONAL AO PÚLPITO ELETRÔNICO CONSIDERAÇÕES TEOLÓGICAS SOBRE EVANGELIZAÇÃO E MÍDIA

Autores

  • Carlos Palácio

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v34n94p301/2002

Resumo

A familiaridade da Igreja com a comunicação não é de hoje. A transmissão da fé é uma exigência inerente à experiência cristã. O ”˜evangelho' deve ser proclamado aos quatro ventos. Esse é o sentido da missão cristã (Mt 10,5ss; Lc. 10,1ss; Mt 28,16-20). Por isso, desde muito cedo, a palavra – oral e escrita – foi o veículo da transmissão do evangelho. É a função dos evangelhos escritos para as comunidades cristãs, ou a finalidade do diálogo e da apologia em relação aos pagãos. O recurso à palavra e ao manuscrito foram instrumentos decisivos para a transmissão do cristianismo na cultura ocidental, muito antes da aparição da ”˜galáxia Gutenberg' (1464).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Como Citar

PALÁCIO, Carlos. DO TEMPLO TRADICIONAL AO PÚLPITO ELETRÔNICO CONSIDERAÇÕES TEOLÓGICAS SOBRE EVANGELIZAÇÃO E MÍDIA. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 34, n. 94, p. 301, 2002. DOI: 10.20911/21768757v34n94p301/2002. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/2918. Acesso em: 18 maio. 2024.