A PERSPECTIVA TEOLÓGICA DA ALTERIDADE E O NOVO PENTECOSTES

Autores

  • Olga Sodré

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v39n108p187/2007

Palavras-chave:

Identidade, alteridade, pluralismo, diálogo e reconhecimento.

Resumo

Partindo da perspectiva de Alteridade já implícita nos Evangelhos, este artigo mostra que tal conceito assume contornos mais nítidos em nossa época, e vem sendo repensada por alguns teólogos contemporâneos, descortinando um novo horizonte para a reflexão sobre o pluralismo e o diálogo inter-religioso. A partir desta reflexão, diferencia a visão de pluralidade no reconhecimento da alteridade de outras perspectivas de unidade e pluralidade baseadas apenas na identidade, e faz uma ponte entre a reflexão teológica da Alteridade e as propostas atuais de um diálogo social mais amplo entre as pessoas de diferentes tendências religiosas e materialistas, convivendo num mesmo espaço político. Ressalta que a perspectiva cristã da Alteridade é ancorada não apenas na relação com o próximo, mas também na relação com a Alteridade divina, expressa no Mistério de um Deus Uno e Trino e na misteriosa relação de um Filho Único com seus irmãos. A partir desta concepção teológica da Alteridade, focaliza o atual convívio humano na multiplicidade de línguas, culturas e religiões na perspectiva de um novo Pentecostes. Este nos abre para a compreensão da relação entre o Único e o múltiplo, e para a possibilidade de uma era pós-secular pacífica.

ABSTRACT: Taking alterityÂ’s (otherness) perspective already implicit in the Gospels, this article shows that this concept assumes a more explicit forms in our times, and some contemporary theologians have been thinking about it, opening new horizons to reflect on pluralism and inter-religious dialogue. This reflection differentiates the vision of plurality in recognizing alterity from other perspectives of unity and plurality based on identity, and it builds a bridge between theological reflections on alterity and current proposals of a broader social dialogue between people of different religious affiliation and materialists, living together in the same political space. It emphasizes that the Christian perspective on alterity is anchored not only on the relationship with the neighbor but also in the relationship with the divine alterity, expressed in the mystery of the triune and monotheistic God and the mysterious relationship of a unique Son with his brothers. From this theological conception of alterity it focuses on the current human living in the multiplicity of languages, cultures, and religions in the view of a new Pentecost. It leads us to understand the relationship between the unique and the multiple, and the possibility of a pacific pos-secular new era.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-01-01

Como Citar

SODRÉ, Olga. A PERSPECTIVA TEOLÓGICA DA ALTERIDADE E O NOVO PENTECOSTES. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 39, n. 108, p. 187, 2007. DOI: 10.20911/21768757v39n108p187/2007. Disponível em: https://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/202. Acesso em: 14 jul. 2024.