Liturgia das horas: rezando na pandemia no ritmo do coração da igreja

Autores

  • Joaquim Francisco Batista Resende

Resumo

A Liturgia das Horas é uma oração de louvor que Cristo, unido ao seu Corpo eleva ao Pai e pela qual intercede pela realidade universal da humanidade e de todo o cosmos. O seu sentido teológico está calcado no fato dela ser a maneira conveniente de orar que a Igreja nos ensina. O excessivo acréscimo de conteúdo ao longo da história a sobrecarregou, deslocando-a do ritmo natural das horas e em razão da prevalência da mentalidade clerical, afastou-se do mundo laical. Coube aos padres conciliares, no Vaticano II, promover uma profunda reforma litúrgica na oração das horas e, neste período de pandemia, configura-se como um meio para expressar a unidade da Igreja, por vezes, impedida de reunir-se presencialmente. O objeto desta análise é a Instrução Geral sobre a Liturgia das Horas - IGLH, a partir de pesquisa bibliográfica, procurando captar a importância dos salmos na centralidade da LH e o uso dela como esse elemento de unidade da Igreja em período de pandemia. Concluímos que cada batizado, ao rezar a LH, realiza a oração pública e comum da Igreja (SC 98), que tem a eficácia e a dignidade de ser a oração eclesial por excelência, unida à de Cristo (LC).

Downloads

Publicado

2021-12-17