A celebração litúrgica como espiritualidade da Igreja

Autores

  • Luiz Fernando R. Santana

Resumo

A nossa condição de filhos e filhas de de Deus e de membros vivos da Igreja se realiza graças à nossa participação no mistério pascal de Cristo através da celebração litúrgica. Recordando o clássico axioma do Concílio Vaticano II, a liturgia deve ser considerada o “cume” e a “fonte” da vida da Igreja e, por conseguinte, de cada um de seus membros (SC 10). Nesse sentido, a liturgia deve ser tida, por antonomásia, como a própria espiritualidade da Igreja.

Downloads

Publicado

2021-12-17