POR QUE NIETZSCHE NÃO FOI JESUÍTA?

Davi Mendes Caixeta

Resumo


Por que Nietzsche não foi jesuíta? Dificilmente Nietzsche teria sido um jesuíta. Primeiramente, ele nasceu e foi educado numa tradicional família protestante. Em segundo lugar, um pensador que fez tantas críticas ao cristianismo e, mais precisamente, à religião católica jamais iria ingressar numa ordem religiosa como a Companhia de Jesus e se submeter aos seus preceitos. Mas essa pergunta, por mais óbvia que seja sua resposta, provoca uma interessante reflexão sobre alguns aforismos de Nietzsche sobre o jesuitismo, criticando, questionando e ironizando os jesuítas. Este trabalho busca compreender o jesuitismo como grande e, ao mesmo tempo, medíocre estilo, capaz de afrouxar a tensão do arco que impulsiona o espírito a atingir metas mais distantes. Dessa forma, recorre-se ao significado de jesuitismo, considerando, sobretudo, a compreensão de Dostoievski sobre essa temática, relacionando esse grande literato com Nietzsche.


Palavras-chave


Nietzsche; Dostoievski; jesuitismo

Texto completo:

PDF