GUILHERME DE OCKHAM: PARADOXO MEDIEVAL E PARADIGMA MODERNO

Diego Augusto Gonçalves Ferreira

Resumo


O presente artigo intenta apresentar as principais novidades do ockhamismo para a filosofia e a teologia que se desenvolveram no período escolástico, e suas contribuições para o pensamento moderno. Para tanto, ele se subdivide em três tópicos: o primeiro, O cenário escolástico, contextualiza os séculos medievais que precederam o advento do ockhamismo, sublinhando a importância do século XIII com o aristotelismo de Santo Tomás de Aquino; o segundo, Ockham: paradoxo filosófico-teológico medieval, privilegiando o nominalismo e o voluntarismo de Guilherme, acentua como esse autor rompeu com os estalões reflexivos estabelecidos pelo realismo; por fim, o terceiro, Ockham: paradigma do protestantismo moderno, analisa as contribuições do ockhamismo para o pensamento moderno e, sobretudo, para a irrupção da reforma luterana.


Palavras-chave


Escolástica; Ockham; Protestantismo

Texto completo:

PDF