XIII Simpósio Filosófico-Teológico
JUSTIFICATIVA

O Simpósio Internacional Filosófico-Teológico da FAJE tem conquistado, em seus treze anos de existência, um lugar de crescente destaque na vida acadêmica brasileira, assumindo a responsabilidade de promover a reflexão interdisciplinar sobre problemas fundamentais das áreas de Filosofia, Teologia e outras ciências afins. Neste ano, nossos esforços de pesquisa e diálogo se voltam para a questão urgente da “busca do bem comum”, no momento em que nossas sociedades atravessam grave crise em suas dimensões ética, política e econômica.

Entendemos que “a busca do bem comum” não é um tema de ocasião, que poderia ser considerado ultrapassado por uma mudança no contexto social. Trata-se de uma tensão constante presente em todas as sociedades, desde que o tema da justiça começou a ser formulado, respondido e atualizado nas leis e nas condutas dos povos. No entanto, vivemos um período em que esta tensão ou dinamismo rumo ao bem comum atravessa um ponto crítico e, neste sentido, um processo de crescimento e de mudança que poderia conduzir as sociedades contemporâneas a uma nova consciência histórica do problema.

A expressão “bem comum” encontra-se rarefeita na atmosfera de nosso vocabulário, talvez porque nos desacostumamos de considerar a vida a partir do que é “comum” a todos, habituados ao discurso individualista contemporâneo. No entanto, multiplicam-se pensadores e atores sociais dedicados a renovar e reafirmar a evidente dimensão relacional do ser humano, trazendo-a de volta ao cotidiano. Esta recriação do sentido da expressão “bem comum” merece atenção e reflexão na vida acadêmica, para que o exame do discurso e da prática voltados ao comunitário traga maior lucidez e coragem no enfrentamento da crise atual que afeta as sociedades. Do ponto de vista político, encontramo-nos diante do desafio de modelos de governança dos bens comuns, que conduzam a sociedade a uma maior participação na geração e gestão destes bens. Do ponto de vista econômico, assistimos à convergência de esforços por uma economia ecológica, voltada à promoção dos bens renováveis como a criatividade humana e as novas fontes de energia.

Justifica-se, desta forma, o esforço da Faculdade Jesuíta em reunir importantes pesquisadores da cena nacional e internacional para levantar e esclarecer as raízes históricas e os desdobramentos contemporâneos da questão do “bem comum”.

O compromisso, sempre honrado, de oferecermos aos participantes a publicação em meio eletrônico das pesquisas apresentadas, gerará subsídio de aprofundamento do tema estudado e de divulgação dos resultados das pesquisas aqui compartilhadas.

Parece-nos, portanto, justificado nosso pedido de apoio financeiro a este evento interdisciplinar, pois: a) volta-se para tema de urgente importância acadêmica e histórica; b) visa à formação responsável dos discentes participantes, vindos de várias instituições do Brasil e da América Latina; c) realiza publicação, em meio eletrônico, das conferências, comunicações e artigos dos pesquisadores envolvidos no evento; e, finalmente, d) promove a discussão plural e respeitosa, porque se apoia na convicção de que a atenção crítica à realidade, o diálogo cultivado com retidão e a força do argumento podem contribuir para a tomada de decisões justas, no âmbito dos grandes problemas de nosso tempo.

Av. Dr. Cristiano Guimarães, 2127 Bairro: Planalto - Belo Horizonte / Minas Gerais 31.720-300
Tel +55 (31) 3115-7000 - +55 (31) 3115-7004